Sexta, 21 de Junho de 2024
17°C 35°C
Bom Jesus, PI
Publicidade

Lula deve sancionar novo valor do salário mínimo nesta segunda-feira (28)

O novo salário mínimo vigora desde o dia 1º de maio, quando a medida provisória foi editada pelo presidente Lula.

28/08/2023 às 14h04
Por: Felipe Rosal
Compartilhe:
 Lula deve sancionar novo valor do salário mínimo nesta segunda-feira (28)

O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, deve sancionar na tarde desta segunda-feira, 28, no Palácio do Planalto, o projeto que reajustou o salário mínimo para R$ 1.320 neste ano e que estabelece uma nova política de valorização anual. A medida provisória, que também corrige a tabela do Imposto de Renda de Pessoa Física (IRPF), foi aprovada na Câmara e no Senado na semana passada - a MP perderia a validade se não fosse aprovada até esta segunda-feira.

Continua após a publicidade
Anúncio

O novo salário mínimo vigora desde o dia 1º de maio, quando a medida provisória foi editada pelo presidente Lula.

Continua após a publicidade
Anúncio

O presidente da República também havia publicado um projeto de lei - que acabou sendo acoplado à MP aprovada - estabelecendo a política de valorização do salário mínimo, composta pela correção anual pelo Índice Nacional de Preço dos Consumidores (INPC) mais o PIB consolidado de dois anos anteriores.

Continua após a publicidade
Anúncio

Imposto de renda

O texto também prevê que os trabalhadores que ganham até R$ 2 112 por mês não terão mais que pagar o Imposto de Renda. Foi estabelecida ainda a possibilidade de os contribuintes não isentos optarem por um desconto de R$ 528 em relação ao imposto devido, sem necessidade de comprovar despesas à Receita.

Na prática, pessoas físicas que recebem mensalmente até R$ 2 640, também não terão de pagar IRPF se optarem por essa dedução simplificada. Antes da MP, a faixa de isenção estava fixada em R$ 1.903,98 por mês, valor congelado desde 2015.

O Ministério da Fazenda estima que a atualização dos valores da tabela mensal do IRPF acarretará uma diminuição de receitas em 2023 de aproximadamente R$ 3,20 bilhões (referente a sete meses) Para 2024, a redução prevista é de R$ 5,88 bilhões e, em 2025, de R$ 6,27 bilhões.

Para compensar a perda de arrecadação, conforme exigido pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), a equipe econômica contava com a aprovação da tributação das chamadas offshores. A proposta havia sido incluída na mesma MP que corrige a tabela do imposto de renda, editada no dia 1º de maio. A taxação das offshores foi retirada do texto pelos deputados, durante a aprovação na Câmara.

Após acordo entre Executivo e Congresso, o governo Lula vai editar uma nova MP com tributação de fundos exclusivos, os chamados fundos dos "super-ricos", para servir de fonte de compensação pela perda de receitas com o aumento da faixa de isenção da tabela do IR.

O acordo costurado também prevê que o conteúdo da tributação dos fundos offshore seja transferido para um projeto de lei - que deve ser enviado juntamente com a medida provisória.


Fonte: Estadão Conteúdo

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Bom Jesus, PI
23°
Parcialmente nublado

Mín. 17° Máx. 35°

23° Sensação
2.19km/h Vento
59% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h11 Nascer do sol
05h47 Pôr do sol
Sáb 35° 18°
Dom 37° 18°
Seg 36° 19°
Ter 37° 17°
Qua 37° 17°
Atualizado às 08h01
Publicidade
Anúncio
Publicidade
Anúncio
Economia
Dólar
R$ 5,45 -0,18%
Euro
R$ 5,82 -0,29%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,21%
Bitcoin
R$ 366,930,56 -2,34%
Ibovespa
120,299,80 pts -0.12%
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Lenium - Criar site de notícias