Quarta, 17 de Julho de 2024
15°C 34°C
Bom Jesus, PI
Publicidade

STF invalida restrição de vagas a mulheres em concursos para PM e Bombeiros do Piauí

Já as demais vagas devem ficar submetidas à ampla concorrência de homens e mulheres.

20/06/2024 às 10h31
Por: Felipe Rosal
Compartilhe:
 STF invalida restrição de vagas a mulheres em concursos para PM e Bombeiros do Piauí

Em decisão unânime, os membros do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiram que o percentual de 10% de vagas para mulheres em concursos para a Polícia Militar e Corpo de Bombeiros do Piauí e de Goiás deve ser entendido como a reserva mínima para o ingresso de mulheres nas carreiras. Já as demais vagas devem ficar submetidas à ampla concorrência de homens e mulheres.

Continua após a publicidade
Anúncio

Em relação ao estado piauiense, a decisão é com base em uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) ajuizada pela Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o artigo 10, § 3º, da Lei 3.808, de 16 de julho de 1981, do Estado do Piauí, onde consta que para mulheres fica reservado até 10% das vagas oferecidas no concurso da Polícia Militar, e também contra o artigo 2º da Lei 5.023, de 21 de novembro de 1998, que determina que o efetivo de policiais militares femininos será até 10% do efetivo de cada quadro.

Continua após a publicidade
Anúncio

Em fevereiro deste ano, o ministro Luiz Fux concedeu uma liminar onde determinou a suspensão os artigos de leis piauienses que limitavam a participação feminina e determinou que novas nomeações não deveriam ter as restrições de gênero previstas nos editais de concursos públicos em validade.

Continua após a publicidade
Anúncio

Agora ocorreu o julgamento da ação com a participação da corte do STF, onde de forma unânime os ministros decidiram que os artigos das leis que fazem esse tipo de restrição não são válidos.

O relator da ação, o ministro Luiz Fux, destacou na decisão que a restrição “é mera expressão de estereótipos de gênero que retroalimentam a desigualdade social ainda verificada entre homens e mulheres”. Essa desigualdade, enfatizou o relator, a Constituição visa expressamente combater. Ele lembrou que o STF tem aplicado entendimento semelhante em relação a leis de outros estados.

Em seu voto, o relator afirmou que o patamar de 10% dos cargos da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar deve ser interpretado como uma cota de ingresso de mulheres naquelas carreiras (ação afirmativa), e as demais vagas devem ficar sujeitas à ampla concorrência.

A decisão do plenário, por razões de segurança jurídica, preservou as nomeações realizadas, com base nas normas estaduais, até a data da concessão das liminares nos dois casos.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Bom Jesus, PI
20°
Tempo limpo

Mín. 15° Máx. 34°

20° Sensação
0.95km/h Vento
66% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h13 Nascer do sol
05h52 Pôr do sol
Qui 35° 16°
Sex 36° 17°
Sáb 35° 16°
Dom 35° 16°
Seg 36° 16°
Atualizado às 21h53
Publicidade
Anúncio
Publicidade
Anúncio
Economia
Dólar
R$ 5,49 +0,04%
Euro
R$ 6,00 +0,05%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,80%
Bitcoin
R$ 376,116,16 +0,76%
Ibovespa
129,450,32 pts 0.26%
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Lenium - Criar site de notícias