Segunda, 06 de Dezembro de 2021
22°

Poucas nuvens

Bom Jesus - PI

PIAUÍ Vacina

Governo propõe vacinação domiciliar para quem não recebeu a 1ª dose

“Nós vamos fazer reuniões quando o governador Wellington Dias chegar. A gente vai sentar com o COE para tomar as medidas”, afirmou.

17/11/2021 às 21h30
Por: Felipe Rosal
Compartilhe:
Governo propõe vacinação domiciliar para quem não recebeu a 1ª dose

A governadora em exercício, Regina Sousa (PT), informou nesta quarta-feira (17), que o Governo do Estado vai adotar medidas sanitárias restritivas para o enfrentamento do aumento de casos e mortes por Covid-19 no Piauí neste final de ano.

Segundo ela, a reunião do COE (Comitê de Operações Especiais) será com o governador Wellington Dias (PT), que chega no domingo no Piauí, após passar duas semanas na Escócia, onde participou da COP22 (26ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas) e ficou em quarentena para tratamento médico para a cura da Covid-19, após ter testado positivo da doença.

“Nós vamos fazer reuniões quando o governador Wellington Dias chegar. A gente vai sentar com o COE para tomar as medidas”, afirmou.

Além disso, Regina Sousa informou ainda que conversou com o presidente da Fundação Municipal de Saúde (FMS) de Teresina, médico Gilberto Albuquerque, para fazer buscas ativas nas residências para localizar pessoas que não foram vacinadas com a primeira dose e com a segunda dose da vacina contra Covid-19.

“Tem pessoas que não conseguem se locomover, não que sejam doentes. Existem pessoas como os quilombolas que morar na zona rural a 35 quilômetros da cidade onde existem os postos de vacinação. As pessoas não têm como ir aos postos de vacinação porque não têm o dinheiro da passagem de ônibus, não têm nem transporte, vão a pé”, declarou Regina Sousa.

A governadora adiantou que vai sugerir na reunião do COE para que seja feita a busca ativa da vacina contra a Covid-19, porque muitas pessoas são obrigadas a andar a pé para chegar a um posto de vacinação. “Temos que ir até as pessoas para que se vacinem”, declarou Regina Sousa.

O secretário estadual de Saúde,  Florentino Neto, afirmou que o Governo do Estado está tomando medidas para o enfrentamento da Covid-19 como, busca ativa dos casos de Covid-19, testagem, controle epidemiológico e sensibilizar a população para o uso da máscara, lavagem periódica das mãos ou higienização das mãos com álcool em  gel e intensificação da vacinação.

“A vacinação é fundamental tanto a primeira dose como a segunda dose e partir de segunda-feira (22) se forem completados cinco meses da segunda dose podem tomar a terceira dose  de reforço”, afirmou Florentino Neto.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias