Domingo, 05 de Dezembro de 2021
23°

Poucas nuvens

Bom Jesus - PI

SUL DO PIAUÍ CURIMATÁ-PI

Prefeitura de Curimatá afasta funcionário preso em operação do Greco

O funcionário da prefeitura de Curimatá foi preso suspeito de crimes de receptação, uso de documento falso e adulteração de veículo automotor.

19/11/2021 às 19h30
Por: Felipe Rosal
Compartilhe:
 Prefeitura de Curimatá afasta funcionário preso em operação do Greco

O funcionário da prefeitura de Curimatá, Aristoclides Ribeiro de Carvalho, preso nesta sexta-feira (19) em uma operação do Grupo de Repressão ao Crime Organizado, foi afastado das atividades que desenvolvia para o município. 

A informação foi confirmada pelo prefeito, Valdecir Júnior (Progressistas), que disse Aristoclides atuava como prestador de serviços, no transporte das equipes da Vigilância Sanitária que trabalham em ações contra a covid-19, como barreiras sanitárias. 

“Ele vai ser afastado até que a situação seja apurada e esclarecida. Não compactuamos com qualquer atividade ilícita que porventura estava sendo realizada”, afirmou o prefeito de Curimatá, que cumpre agenda em Brasília e disse não ter maiores detalhes sobre a operação. 

O funcionário da prefeitura de Curimatá foi preso suspeito de crimes de receptação, uso de documento falso e adulteração de veículo automotor.

Os mandados de busca e apreensão foram cumpridos nas cidades de Curimatá, Parnaguá e Luís Eduardo Magalhães (BA). As investigações apuram roubo de carga e receptação na região de Curimatá. Foram apreendidas uma espingarda calibre 12 e uma pistola 380, além de munições.

Ex-prefeito preso

A operação desta sexta-feira (19) também resultou na prisão do ex-prefeito do município, José Arlindo da Silva Filho, conhecido como Zezinho do Tomate. O ex-gestor já havia sido preso em 2008, por suspeita de participação em um esquema de roubo de cargas.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias