Domingo, 05 de Dezembro de 2021
23°

Poucas nuvens

Bom Jesus - PI

PIAUÍ PIAUÍ

Suposto policial é acusado de ameaçar criança com arma de fogo no Piauí

A criança relatou à mãe que um homem acompanhado de uma criança teria apontado uma arma de fogo em sua direção, o ameaçado e tentado enforcá-lo, alegando que o menino teria agredido o filho do suposto policial.

24/11/2021 às 07h27 Atualizada em 24/11/2021 às 08h15
Por: Felipe Rosal
Compartilhe:

Uma criança de 5 anos foi vítima de crime de ameaça, dentro de um restaurante em Teresina. O caso aconteceu no último domingo (21) e foi registrado Boletim de Ocorrência na Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente, pela mãe do menino.  

Segundo consta no Boletim de Ocorrência, a criança estava  brincando no playground do restaurante localizado na zona Sul de Teresina. Quando foi procurar o filho, ele estava triste e chorando nas proximidades do banheiro do restaurante. A criança relatou à mãe que um homem acompanhado de uma criança teria apontado uma arma de fogo em sua direção, o ameaçado e tentado enforcá-lo, alegando que o menino teria agredido o filho do suposto policial.

Segundo a mãe da vítima, que preferiu preservar a sua identidade, o suposto policial confessou o que fez e ainda afirmou que se precisasse faria de novo.

"De repente, um rapaz muito alterado dizia que ia procurar a mãe ou o pai para tomar satisfação. Eu perguntei para ele: 'você viu meu filho?'. 'Ah, um menino de óculos', 'Sim, você fez alguma coisa com ele?'. Foi quando ele começou a ficar alterado, me xingando, apontando o dedo na minha cara e todo tempo com a mão na cintura. Foi quando fui até meu filho e ele disse: 'Mamãe, o pai do meu amiguinho apontou uma arma pra mim. Ele disse que vai me matar'", conta emocionada  em entrevista para a reportagem da Rede Meio Norte.

 

A reportagem da Rede Meio Norte também ouviu o gerente do restaurante que informou que os funcionários viram a mãe da criança agredindo o policial.

"Quando eu vi já estava uma discussão na mesa, eles se ofendendo. A criança tinha se escondido dentro do banheiro. A mãe da criança, exaltada, agrediu o policial".  

 

O caso será investigado pela Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias