Domingo, 05 de Dezembro de 2021
23°

Poucas nuvens

Bom Jesus - PI

SUL DO PIAUÍ FOME

Vídeo: Famílias que vivem no lixão de Floriano catam comida estragada para se alimentar

A condição de dezenas de famílias é subumana e as pessoas disputam espaço com os urubus no lixão, apesar do iminente risco de contaminação.

24/11/2021 às 21h31
Por: Felipe Rosal Fonte: Floriano News
Compartilhe:
Vídeo: Famílias que vivem no lixão de Floriano catam comida estragada para se alimentar

 

Vários vídeos que mostram pessoas recolhendo sobras do caminhão de lixo no município de Floriano viralizaram nas redes sociais nesta segunda-feira (22). As imagens foram feitas por Elton Pereira Gonzaga, que trabalha na área de construção civil, mas atualmente é repórter e porta-voz da Bandeirantes, afiliada de Teresina.

"São vinte famílias que vivem do lixão, e que moram no lixão na cidade de Floriano-PI, uma situação difícil ", disse Elton Pereira que flagrou as cenas.

Alimentos descartados no local, que já se transformou em um lixão a céu aberto, estão sendo consumidos por catadores de lixo. Dezenas de pessoas catam no lixo restos de comida, principalmente carnes, provavelmente descartadas de açougues ou supermercados, além de frutas e verduras. De acordo com Elton Pereira, cerca de 20 famílias tem barracos armados nas imediações do lixão, na saída de Floriano.

Essas famílias sobrevivem em uma situação de pobreza extrema, morando em casas de chão batido, cobertas com lona ou papelão. No entanto, em meio às dificuldades, os catadores alegam que não tem casa, emprego e salário digno.

“Isso aqui é a necessidade, a situação precária, têm muitos que tem na sua mesa por aí com abundância, mas não se preocupa com quem tá lá fora. Se eu tivesse também e Deus me desse com abundância pra pôr na minha mesa eu iria lembrar daqueles que tão lá fora, eu sairia repartindo com aquele que não tem”, relatou a catadora que não teve a identidade revelada.

A condição de dezenas de famílias é subumana e as pessoas disputam espaço com os urubus no lixão, apesar do iminente risco de contaminação.

A Redação do Portal FlorianoNews, entrou em contato com Rafaela Barros, Secretária de Desenvolvimento e Assistência Social, a cerca dos vídeos divulgados, mas no momento encontrava-se em atendimento e logo que possível daria um retorno.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias