Quinta, 19 de Maio de 2022
28°

Pancada de chuva

Bom Jesus - PI

PIAUÍ POLÍCIA

Advogado suspeito de matar homem com tiro na cabeça em bar no Sul do Piauí é preso

No dia do crime, a vítima e o suspeito estariam bebendo em um trailer local, momento em que foi surpreendido por disparo de arma de fogo na cabeça.

03/05/2022 às 18h15 Atualizada em 03/05/2022 às 18h24
Por: Felipe Rosal Fonte: Meio Norte
Compartilhe:
Robson Nascimento Barreto, de 47 anos, foi morto com um tiro na cabeça (Foto: Redes sociais)
Robson Nascimento Barreto, de 47 anos, foi morto com um tiro na cabeça (Foto: Redes sociais)

Um advogado identificado pelas iniciais R.B.O.N., de 29 anos, foi preso na tarde desta terça-feira (03), durante a Operação Cerco Fechado VII em Teresina, por suspeita de ter matado Robson Nascimento Barreto, de 47 anos, em um bar da cidade de Picos. O crime aconteceu no dia 9 de abril na Avenida Beira Rio.

Em entrevista ao Meionorte.com, o delegado Agenor Júnior, titular da Delegacia de Homicídios, Tráfico de Drogas e Latrocínio (DHTL) de Picos, explicou que o advogado foi preso em uma residência no bairro Mocambinho, por volta de meio-dia. A prisão se deu através da Gerência de Polícia do Interior, Diretoria de Inteligência de Picos e da equipe de investigação da Delegacia de Picos. 

“Foi expedido o mandado de prisão preventiva após os levantamentos, foi obtido através dessas equipes esse imóvel. Foi confirmado que ele estaria nesse imóvel e foi expedido o mandando de busca através da 5ª Vara Criminal de Picos, dado cumprimento hoje, fazendo parte da operação Cerco Fechado”, disse. 

 

No dia do crime, a vítima e o suspeito estariam bebendo em um trailer local, momento em que foi surpreendido por disparo de arma de fogo na cabeça, tendo morte imediata. Robson, que residia na zona lesta de Picos, deixou três filhos. 

Operação Cerco Fechado VII

Polícia Civil do Piauí deflagrou, nesta terça-feira (3), a Operação Cerco Fechado VII, para cumprimento de mandados de prisão e de busca e apreensão, em todo Estado, relacionados à prática de crimes variados contra a sociedade. Até o momento, 23 pessoas foram presas.

Equipes policiais de diversas unidades distritais, metropolitanas, especializadas e do interior estão em campo. O objetivo da operação é reduzir a criminalidade em todo o estado.

 

De acordo com o delegado geral Luccy Keiko, o principal objetivo da sétima operação é o enfrentamento à criminalidade violenta. "Nós sempre analisamos as estatísticas e percebemos que estava no momento de fazermos uma operação de maior volume para dar aquele impacto que a sociedade merece com a nossa prestação de contas mostrando o que a gente está fazendo. Desde o dia 26 de abril que nós realizamos cumprimentos de mandados, já temos dezenas de mandados cumpridos e hoje a gente deu um start para aumentar e muito o cumprimento desses mandados de pessoas envolvidas com roubo, homicídio, latrocínio, tráfico de drogas", declarou. 

"Várias unidades estão envolvidas nessa operação, especializadas, distritais e delegacias do interior. A gente tem que trabalhar de forma incessante para tentar reduzir essa criminalidade violenta, nós temos vários municípios envolvidos como Parnaíba, Picos, Oeiras, Floriano e diversas outras que estão cumprindo mandados. No final do dia vamos fazer o balanço da operação", disse. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias