Quinta, 19 de Maio de 2022
27°

Pancada de chuva

Bom Jesus - PI

PIAUÍ PIAUÍ

Procon cria "Painel online" para mostrar postos de combustíveis com irregularidades no Piauí

O Procon (Programa Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor) divulgou nesta quarta-feira (4) uma lista com informações sobre os 128 postos fiscalizados desde janeiro deste ano, onde foram encontradas irregularidades em 69 unidades, localizadas em 10 municípios piauienses.

04/05/2022 às 16h28
Por: Felipe Rosal
Compartilhe:
 Procon cria
O Procon (Programa Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor) divulgou nesta quarta-feira (4) uma lista com informações sobre os 128 postos fiscalizados desde janeiro deste ano, onde foram encontradas irregularidades em 69 unidades, localizadas em 10 municípios piauienses.
 
Para que o consumidor possa acompanhar as fiscalizações, um painel online foi criado pelo Procon, onde é possível acessar uma lista com todos os postos fiscalizados, a localização e todas as irregularidades que já foram encontradas. Entre os principais problemas está o aumento no valor dos combustíveis sem justa causa, erro de medição na bomba e venda de produtos fora da validade.
 
“A irregularidade mais grave encontrada em alguns postos está relacionada a bomba baixa, pois a cada 20 litros o consumidor pode perder de 140 ml a 160 ml”, explicou o chefe de fiscalização do Procon, Arimatea Arêa Leão.
 
 
A fiscalização ocorreu nas cidades de: Teresina (43), Parnaíba (37), Altos (9), São João do Piauí (9), José de Freitas (8), Luís Correia (7), União (7), Luzilândia (3), Ilha Grande (2) e Cajueiro da Praia (2).
 
De acordo com o Procon, nos postos onde foram localizadas irregularidades os proprietários foram devidamente notificados, mas até o momento não foram aplicadas multas, pois eles ainda podem recorrer.
 
“A multa pode ir de R$ 600 a R$ 10 milhões, mas ainda não foi aplicada qualquer multa, pois eles ainda podem recorrer em relação as irregularidades encontradas, como cabe recurso, somente depois desse processo que pode ser determinada uma multa”, informou o chefe de fiscalização do Procon .
 
Segundo Arimatea Leão, quem tiver qualquer denúncia, pode enviar um e-mail [email protected], relatando sobre a irregularidade, para que o órgão possa fazer uma averiguação. “Estamos sempre realizando operações, então fazemos planejamentos por região e a nossa pretensão é aumentar essas ações para outros municípios”, relatou.
 
No painel ainda é possível pesquisar por postos específicos, através do nome, razão social ou CNPJ. Também é possível verificar a situação por cidade e bairro e pesquisar por datas das operações, assim como consultar o andamento do processo de cada estabelecimento.
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias